Prévia da inflação, desemprego, PIB dos EUA e Ação de Graças: o que acompanhar na próxima semana

Após uma semana positiva do mercado brasileiro, ajudado pelo forte fluxo estrangeiro que tem vindo para o País, os próximos dias serão de teste para as bolsas conforme os Estados Unidos passa pelo seu maior feriado do ano enquanto os casos de Covid-19 aumentam em todo o mundo, o que tem disputado o humor dos investidores no momento em que a chegada das primeiras vacinas parece próxima.

Entre segunda e terça-feira sai uma bateria de indicadores nos EUA, com destaque para dados do PMI no dia 23, que apesar de não terem tanto impacto nos mercados, é bastante acompanhado neste momento de crise econômica, enquanto no dia seguinte as atenções se voltam para indicadores de preços de moradia e a Confiança do Consumidor.

Ainda na terça, aqui no Brasil, sai o Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), considerado uma prévia do dado oficial de inflação do País.

Após avançar 0,94% no mês passado, para 3,52% no acumulado de 12 meses, ganha ainda mais importância acompanhar o IPCA-15 em um cenário de alta da inflação e como isso pode pesar para a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) no início de dezembro.

Já no fim do dia 24, destaque para o evento Melhores Empresas da Bolsa, realizado pelo InfoMoney em parceria com o Ibmec e Economatica, que vai até dia 26 de novembro (para participar, basta se cadastrar aqui).

Na quarta as atenções se voltam para os EUA, onde será divulgada a segunda estimativa do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre, com expectativa que se mantenha em alta de 33,1%, assim como na primeira prévia.

Outro dado importante será o índice de preços de despesas de consumo pessoal (PCE, na sigla em inglês), o principal número de inflação acompanhado pelo Federal Reserve (Fed, o banco central americano).

Já durante a tarde sai a ata da última reunião do Fomc. Segundo a equipe de analistas do Bradesco, o documento do Fed deverá reforçar as mensagens de cautela diante dos riscos e de manutenção de estímulos monetários por período prolongado.

Quinta os investidores se voltam para o mercado doméstico, que deve sofrer com uma redução de volume por conta do feriado de Ação de Graças nos EUA, que ainda fará com que a bolsa de Nova York feche mais cedo na sexta, às 15h30 (horário de Brasília).

Fonte: Infomoney

O post Prévia da inflação, desemprego, PIB dos EUA e Ação de Graças: o que acompanhar na próxima semana apareceu primeiro em BizNews Brasil :: Notícias de Fusões e Aquisições de empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + 12 =